11-3077-3647

11-98330-0215 / 11-98330-0185 / 0800 70 73647

11-98330-0227 / 11-99209-5678 / 11-98138-8869

INCONTINÊNCIA URINÁRIA MASCULINA

Incontinência urinária masculina é a perda involuntária de urina.

Para muitas pessoas, esta condição é uma fonte de constrangimento e dificuldade social, que costuma ser escondido e não tratado, podendo afetar de forma dramática a qualidade de vida dos pacientes, limitando suas atividades sociais, exercícios físicos e sua vida sexual e profissional, comprometendo o bem-estar físico, emocional, psicológico e social. Se você tem este problema, você não está sozinho.

A incontinência urinária é um problema que afeta mais de 10 milhões de pessoas no Brasil, sendo que em pelo menos 25% dos casos acomete os homens.

As causas da Incontinência Urinária Masculina podem ser: trauma, doença neurológica e sequelas de cirurgia de próstata ou uretra. A incontinência urinária no homem possui a maior incidência por falha na função esfincteriana (deficiência do músculo esfíncter) pós cirurgia de próstata: de 2 a 10% em casos de Prostatectomia Radical (remoção da próstata no tratamento cirúrgico do câncer de próstata) e 1% em casos de Tratamento da HPB (Hiperplasia Prostática Benigna).

Pacientes submetidos a esses procedimentos cirúrgicos poderão sofrer de incontinência urinária de variados graus, como também pode ser um processo temporário ou definitivo. O grau de incontinência urinária pode ser leve, moderada ou severa. Importante saber que a incontinência urinária tem tratamento, que poderá curar ou minimizar o problema.

A incontinência urinária pós tratamento cirúrgico do câncer da próstata (prostatectomia radical) pode ser uma incontinência temporária ou definitiva. O grau de incontinência varia para cada paciente.

Na maioria dos casos, a continência vai melhorando progressivamente durante o primeiro ano após a cirurgia de tal forma que somente 3 a 20% do pacientes irão precisar de tratamento.

TRATAMENTOS PARA INCONTINÊNCIA URINÁRIA MASCULINA:

O tratamento da incontinência urinária masculina depende essencialmente do tipo de incontinência e da severidade das perdas urinárias. A disfunção vesical, a incompetência esfincteriana e a obstrução podem ser tratadas mediante agentes farmacológicos, terapia comportamental, reabilitação pélvica, estimulação elétrica ou cirurgia.

Tratamento Clínico por Exercícios de Kegel

Após a cirurgia da próstata, como primeira opção de tratamento, o urologista costuma indicar exercícios para fortalecimento dos músculos da pélvis (exercícios de Kegel). Estes exercícios, quando indicados e praticados de forma correta, poderão oferecer uma melhora do problema.

OBS: Os exercícios de Kegel podem ser potencializados pelo "biofeedback". Com o treinamento biofeedback desenvolveu-se em um poderoso procedimento terapêutico que poderá ser incluído no tratamento potencializando os exercícios de Kegel.

Tratamento Cirúrgico

Os pacientes que permanecem com incontinência urinária por muitos meses após a cirurgia na próstata, devido ao enfraquecimento do mecanismo esfincteriano da uretra e que não apresentem uma boa resposta aos tratamentos clínicos e menos invasivos, podem recorrer ao tratamento cirúrgico. Veja o vídeo explicativo.

TRATAMENTOS CIRÚRGICOS

Slings: É considerado um procedimento minimamente invasivo, indicado para pacientes com incontinência urinária leve e moderada (um a cinco absorventes/dia, sem radioterapia prévia e com pressão de perda elevada durante testes de esforço). Os "Slings" (Sling Uretral Masculino) consistem numa faixa de polipropileno que quando implantada produz a compressão da parte inferior da uretra com a finalidade de evitar as perdas urinárias ou minimizá-las.

Esfíncter Urinário Artificial: Existe no mundo há mais de 40 anos. É a cirurgia mais indicada em casos de incontinência urinária moderada e severa, com resultados de 92% de satisfação. O tratamento cirúrgico mais eficiente, com maiores índices de melhora e de cura para a incontinência urinária são as do tratamento através do implante de "Esfíncter Urinário Artificial”.

O esfíncter urinário artificial é atualmente considerado o tratamento mais eficiente para pacientes com incontinência urinária por problemas no esfíncter. Além de uma alta eficiência, apresenta também um baixo índice de complicações. A taxa de sucesso na correção deste problema está diretamente ligada a um bom diagnóstico.

Dr. Paulo Egydio vem se especializando constantemente em novos tratamentos e adquirindo experiência internacional no tratamento da incontinência urinária masculina, com cursos de aperfeiçoamento em implante de esfíncter urinários artificiais realizados na Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos.

AGENDAMENTO DE CONSULTAS

11-3077-3647

11-98330-0215 / 11-98330-0185 / 0800 70 73647

11-98330-0227 / 11-99209-5678 / 11-98138-8869

Clique aqui para falar conosco.